can be characterized as a generalist feeder, exploiting most of the food items available in the mangrove swamps. In spite of this generalist behaviour, the dominant presence of sediment suggests that G. cruentata is primarily a detritivore that exploits particulate organic matter from microbial biodegradation, one of the most important mangrove functions. The trophic role of this crab in the ecosystem showed no significant differences among the demographic categories, and seems to be wider than those observed for sesarmid and ocypodid mangrove crabs. These ecosystem engineers may occupy different positions in the trophic chains of estuarine environments. Este estudo providencia informações sobre a composição da dieta do caranguejo Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) por meio de análise do conteúdo estomacal, caracterizando os hábitos alimentares nas diferentes categorias demográficas bem como a dinâmica temporal da alimentação desses animais. O estudo foi realizado em um estuário em Ubatuba, Estado de São Paulo, litoral sudeste do Brasil, no período de maio de 2005 a maio de 2006. Os estômagos foram retirados e conservados em álcool 70%. Foi utilizado o método de Freqüência de Ocorrência e as categorias demográficas foram comparadas. Foram analisados 489 estômagos, sendo 171 de machos adultos com tamanho médio de 33,14 ± 6,4 mm LC, 69 de machos jovens de tamanho médio 21,16 ± 4,9 mm LC, 136 de fêmeas adultas, com tamanho médio de 32,9 ± 5,1 mm LC, 72 de fêmeas jovens, com tamanho médio de 24,0 ± 3,3 mm LC e 41 estômagos de fêmeas ovígeras, com tamanho médio de 35,4 ± 4,4 mm LC. Foram identificados oito itens alimentares, sendo Sedimento o mais representativo. Não foi verificada diferença significativa entre as categorias alimentares entre as diferentes fases de desenvolvimento nem em relação aos sexos, com exceção do item mollusca, mais freqüente nos estômagos de fêmeas. Houve diferença significativa entre fêmeas adultas e fêmeas ovígeras para os itens alimentares: algas, mollusca, vegetal e sedimento. Não foram observadas alterações significativas na dieta nas diferentes estações do ano. Apesar do predomínio do sedimento da composição da dieta de G. cruentata, a espécie demonstrou explorar vários outros itens alimentares. A maior importância do sedimento sugere que a espécie adote a detritivoria como seu principal método para a obtenção de alimento, entretanto, a variedade de itens alimentares encontrados no trato digestivo também aponta G. cruentata como oportunista e generalista., This study provides information concerning the feeding behaviour of Goniopsis cruentata (Latreille, 1803), through analysis of stomach contents according to demographic categories. Collections were carried out monthly from May 2005 through April 2006 in a subtropical estuary on the southeastern Brazilian coast (23°29′24″S 45°10′12″W). The crabs were collected by hand, with a 2-hour sampling effort by three people. In the laboratory, the crabs were sexed and measured for greatest carapace width, and grouped into demographic categories: adult males, juvenile males, adult females, juvenile females, and ovigerous females. For the fullness analysis, the stomachs were grouped into two categories: (1) E = Empty, with no food; and (2) F = Full, whether partially filled or totally. The frequency-of-occurrence method was used to characterize feeding behaviour, and the demographic categories recognired were compared. We obtained stomachs from 171 adult males, 69 juvenile males, 136 adult females, 72 juvenile females, and 41 ovigerous females, of which 85.6% were full. Of the eight food items recorded, sediment was the most frequent, and "unidentified material" was the least. Goniopsis cruentata can be characterized as a generalist feeder, exploiting most of the food items available in the mangrove swamps. In spite of this generalist behaviour, the dominant presence of sediment suggests that G. cruentata is primarily a detritivore that exploits particulate organic matter from microbial biodegradation, one of the most important mangrove functions. The trophic role of this crab in the ecosystem showed no significant differences among the demographic categories, and seems to be wider than those observed for sesarmid and ocypodid mangrove crabs. These ecosystem engineers may occupy different positions in the trophic chains of estuarine environments. Este estudo providencia informações sobre a composição da dieta do caranguejo Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) por meio de análise do conteúdo estomacal, caracterizando os hábitos alimentares nas diferentes categorias demográficas bem como a dinâmica temporal da alimentação desses animais. O estudo foi realizado em um estuário em Ubatuba, Estado de São Paulo, litoral sudeste do Brasil, no período de maio de 2005 a maio de 2006. Os estômagos foram retirados e conservados em álcool 70%. Foi utilizado o método de Freqüência de Ocorrência e as categorias demográficas foram comparadas. Foram analisados 489 estômagos, sendo 171 de machos adultos com tamanho médio de 33,14 ± 6,4 mm LC, 69 de machos jovens de tamanho médio 21,16 ± 4,9 mm LC, 136 de fêmeas adultas, com tamanho médio de 32,9 ± 5,1 mm LC, 72 de fêmeas jovens, com tamanho médio de 24,0 ± 3,3 mm LC e 41 estômagos de fêmeas ovígeras, com tamanho médio de 35,4 ± 4,4 mm LC. Foram identificados oito itens alimentares, sendo Sedimento o mais representativo. Não foi verificada diferença significativa entre as categorias alimentares entre as diferentes fases de desenvolvimento nem em relação aos sexos, com exceção do item mollusca, mais freqüente nos estômagos de fêmeas. Houve diferença significativa entre fêmeas adultas e fêmeas ovígeras para os itens alimentares: algas, mollusca, vegetal e sedimento. Não foram observadas alterações significativas na dieta nas diferentes estações do ano. Apesar do predomínio do sedimento da composição da dieta de G. cruentata, a espécie demonstrou explorar vários outros itens alimentares. A maior importância do sedimento sugere que a espécie adote a detritivoria como seu principal método para a obtenção de alimento, entretanto, a variedade de itens alimentares encontrados no trato digestivo também aponta G. cruentata como oportunista e generalista.]" /> Feeding behaviour and ecosystem role of the red mangrove crab Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) (Decapoda, Grapsoidea) in a subtropical estuary on the Brazilian coast  »  Brill Online
Cookies Policy
X
Cookie Policy

This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies.

I accept this policy

Find out more here

Feeding behaviour and ecosystem role of the red mangrove crab Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) (Decapoda, Grapsoidea) in a subtropical estuary on the Brazilian coast

MyBook is a cheap paperback edition of the original book and will be sold at uniform, low price.

Buy this article

Price:
$30.00+ Tax (if applicable)
Add to Favorites

image of Crustaceana

[This study provides information concerning the feeding behaviour of Goniopsis cruentata (Latreille, 1803), through analysis of stomach contents according to demographic categories. Collections were carried out monthly from May 2005 through April 2006 in a subtropical estuary on the southeastern Brazilian coast (23°29′24″S 45°10′12″W). The crabs were collected by hand, with a 2-hour sampling effort by three people. In the laboratory, the crabs were sexed and measured for greatest carapace width, and grouped into demographic categories: adult males, juvenile males, adult females, juvenile females, and ovigerous females. For the fullness analysis, the stomachs were grouped into two categories: (1) E = Empty, with no food; and (2) F = Full, whether partially filled or totally. The frequency-of-occurrence method was used to characterize feeding behaviour, and the demographic categories recognired were compared. We obtained stomachs from 171 adult males, 69 juvenile males, 136 adult females, 72 juvenile females, and 41 ovigerous females, of which 85.6% were full. Of the eight food items recorded, sediment was the most frequent, and "unidentified material" was the least. Goniopsis cruentata can be characterized as a generalist feeder, exploiting most of the food items available in the mangrove swamps. In spite of this generalist behaviour, the dominant presence of sediment suggests that G. cruentata is primarily a detritivore that exploits particulate organic matter from microbial biodegradation, one of the most important mangrove functions. The trophic role of this crab in the ecosystem showed no significant differences among the demographic categories, and seems to be wider than those observed for sesarmid and ocypodid mangrove crabs. These ecosystem engineers may occupy different positions in the trophic chains of estuarine environments. Este estudo providencia informações sobre a composição da dieta do caranguejo Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) por meio de análise do conteúdo estomacal, caracterizando os hábitos alimentares nas diferentes categorias demográficas bem como a dinâmica temporal da alimentação desses animais. O estudo foi realizado em um estuário em Ubatuba, Estado de São Paulo, litoral sudeste do Brasil, no período de maio de 2005 a maio de 2006. Os estômagos foram retirados e conservados em álcool 70%. Foi utilizado o método de Freqüência de Ocorrência e as categorias demográficas foram comparadas. Foram analisados 489 estômagos, sendo 171 de machos adultos com tamanho médio de 33,14 ± 6,4 mm LC, 69 de machos jovens de tamanho médio 21,16 ± 4,9 mm LC, 136 de fêmeas adultas, com tamanho médio de 32,9 ± 5,1 mm LC, 72 de fêmeas jovens, com tamanho médio de 24,0 ± 3,3 mm LC e 41 estômagos de fêmeas ovígeras, com tamanho médio de 35,4 ± 4,4 mm LC. Foram identificados oito itens alimentares, sendo Sedimento o mais representativo. Não foi verificada diferença significativa entre as categorias alimentares entre as diferentes fases de desenvolvimento nem em relação aos sexos, com exceção do item mollusca, mais freqüente nos estômagos de fêmeas. Houve diferença significativa entre fêmeas adultas e fêmeas ovígeras para os itens alimentares: algas, mollusca, vegetal e sedimento. Não foram observadas alterações significativas na dieta nas diferentes estações do ano. Apesar do predomínio do sedimento da composição da dieta de G. cruentata, a espécie demonstrou explorar vários outros itens alimentares. A maior importância do sedimento sugere que a espécie adote a detritivoria como seu principal método para a obtenção de alimento, entretanto, a variedade de itens alimentares encontrados no trato digestivo também aponta G. cruentata como oportunista e generalista., This study provides information concerning the feeding behaviour of Goniopsis cruentata (Latreille, 1803), through analysis of stomach contents according to demographic categories. Collections were carried out monthly from May 2005 through April 2006 in a subtropical estuary on the southeastern Brazilian coast (23°29′24″S 45°10′12″W). The crabs were collected by hand, with a 2-hour sampling effort by three people. In the laboratory, the crabs were sexed and measured for greatest carapace width, and grouped into demographic categories: adult males, juvenile males, adult females, juvenile females, and ovigerous females. For the fullness analysis, the stomachs were grouped into two categories: (1) E = Empty, with no food; and (2) F = Full, whether partially filled or totally. The frequency-of-occurrence method was used to characterize feeding behaviour, and the demographic categories recognired were compared. We obtained stomachs from 171 adult males, 69 juvenile males, 136 adult females, 72 juvenile females, and 41 ovigerous females, of which 85.6% were full. Of the eight food items recorded, sediment was the most frequent, and "unidentified material" was the least. Goniopsis cruentata can be characterized as a generalist feeder, exploiting most of the food items available in the mangrove swamps. In spite of this generalist behaviour, the dominant presence of sediment suggests that G. cruentata is primarily a detritivore that exploits particulate organic matter from microbial biodegradation, one of the most important mangrove functions. The trophic role of this crab in the ecosystem showed no significant differences among the demographic categories, and seems to be wider than those observed for sesarmid and ocypodid mangrove crabs. These ecosystem engineers may occupy different positions in the trophic chains of estuarine environments. Este estudo providencia informações sobre a composição da dieta do caranguejo Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) por meio de análise do conteúdo estomacal, caracterizando os hábitos alimentares nas diferentes categorias demográficas bem como a dinâmica temporal da alimentação desses animais. O estudo foi realizado em um estuário em Ubatuba, Estado de São Paulo, litoral sudeste do Brasil, no período de maio de 2005 a maio de 2006. Os estômagos foram retirados e conservados em álcool 70%. Foi utilizado o método de Freqüência de Ocorrência e as categorias demográficas foram comparadas. Foram analisados 489 estômagos, sendo 171 de machos adultos com tamanho médio de 33,14 ± 6,4 mm LC, 69 de machos jovens de tamanho médio 21,16 ± 4,9 mm LC, 136 de fêmeas adultas, com tamanho médio de 32,9 ± 5,1 mm LC, 72 de fêmeas jovens, com tamanho médio de 24,0 ± 3,3 mm LC e 41 estômagos de fêmeas ovígeras, com tamanho médio de 35,4 ± 4,4 mm LC. Foram identificados oito itens alimentares, sendo Sedimento o mais representativo. Não foi verificada diferença significativa entre as categorias alimentares entre as diferentes fases de desenvolvimento nem em relação aos sexos, com exceção do item mollusca, mais freqüente nos estômagos de fêmeas. Houve diferença significativa entre fêmeas adultas e fêmeas ovígeras para os itens alimentares: algas, mollusca, vegetal e sedimento. Não foram observadas alterações significativas na dieta nas diferentes estações do ano. Apesar do predomínio do sedimento da composição da dieta de G. cruentata, a espécie demonstrou explorar vários outros itens alimentares. A maior importância do sedimento sugere que a espécie adote a detritivoria como seu principal método para a obtenção de alimento, entretanto, a variedade de itens alimentares encontrados no trato digestivo também aponta G. cruentata como oportunista e generalista.]

Affiliations: 1: Coordenação de Pesquisas em Biologia Aquática, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, CPBA-INPA, Manaus, Amazonas, Brazil, 69011-970; 2: Departamento de Biologia da Universidade de Taubaté — UNITAU, Av. Tiradentes, 500, Taubaté, São Paulo, Brazil, 12030180; Núcleo de Estudos em Biologia, Ecologia e Cultivo de Crustáceos — NEBECC, Universidade Estadual Paulista — UNESP, Campus de Botucatu, Brazil, 18600; 3: Núcleo de Estudos em Biologia, Ecologia e Cultivo de Crustáceos — NEBECC, Universidade Estadual Paulista — UNESP, Campus de Botucatu, Brazil, 18600

Sign-in

Can't access your account?
  • Tools

  • Add to Favorites
  • Printable version
  • Email this page
  • Create email alert
  • Get permissions
  • Recommend to your library

    You must fill out fields marked with: *

    Librarian details
    Name:*
    Email:*
    Your details
    Name:*
    Email:*
    Department:*
    Why are you recommending this title?
    Select reason:
     
     
     
     
    Other:
     
    Crustaceana — Recommend this title to your library

    Thank you

    Your recommendation has been sent to your librarian.

  • Export citations
  • Key

  • Full access
  • Open Access
  • Partial/No accessInformation