Cookies Policy
X
Cookie Policy

This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies.

I accept this policy

Find out more here

LOW GENETIC VARIABILITY OF THE WIDESPREAD AMPHIPOD GAMMARUS LOCUSTA, AS EVIDENCED BY ALLOZYME ELECTROPHORESIS OF SOUTHERN EUROPEAN POPULATIONS

MyBook is a cheap paperback edition of the original book and will be sold at uniform, low price.

Buy this article

Price:
$30.00+ Tax (if applicable)
Add to Favorites

image of Crustaceana

[Gammarus locusta (L.) has a distribution area that spreads for about 35 degrees of latitude, thereby being one of the most common and widely distributed European Atlantic Gammarus spp. Along the southern distribution limit of the species, no genetic studies have been performed yet. We analysed allozyme variation in five G. locusta populations along the Portuguese coast, comprising ten enzymes and thirteen loci. Average heterozygosity was 0.023 and average polymorphism among G. locusta populations was 11.6%. Genetic differentiation among populations was very low and no geographic pattern emerged from these data. The analysed G. locusta populations have low inter- and intra-population variability. These results are consistent with previous allozyme investigations of northern European populations of G. locusta, where very low levels of genetic variability were also recorded, and with recent studies which reported that low genetic variability is a common feature in widespread, continuously distributed amphipod species. Taken together, these findings indicate that the low genetic variability may be generalized all across G. locusta's distributional range. Further research is required to determine how G. locusta and other species of amphipods that show low genetic variability respond to environmental disturbance.

O anfípode Gammarus locusta (L.) distribui-se por cerca de 35 graus de latitude, constituindo uma das espécies de Gammarus da Europa Atlântica mais comum e amplamente distribuída. Ao longo do limite sul de distribuição desta espécie não foram ainda realizados estudos genéticos. Neste estudo analisámos a variação aloenzimática em cinco populações de G. locusta da costa Portuguesa, compreendendo dez enzimas e treze loci. A heterozigotia média foi de 0,023 e o polimorfismo médio entre populações de G. locusta foi de 11,6%. A diferenciação genética entre populações foi muito baixa, não tendo sido encontrado em função destes dados nenhum padrão geográfico. As populações de G. locusta analisadas apresentaram variabilidade inter- e intrapopulacional reduzida. Estes resultados são consistentes quer com estudos anteriores de aloenzimas em populações de G. locusta do norte da Europa, em que foram registados também níveis muito baixos de variabilidade genética, quer com estudos recentes que referem que a variabilidade genética reduzida é um facto comum em espécies de anfípodes de distribuição ampla e contínua. No seu conjunto, estas observações indicam que a variabilidade genética reduzida poderá ocorrer de forma generalizada ao longo de todo o intervalo de distribuição de G. locusta. Assim, torna-se necessária investigação adicional que permita determinar de que modo o anfípode G. locusta, bem como outras espécies de anfipodes com variabilidade genética reduzida, reagem às perturbações ambientais., Gammarus locusta (L.) has a distribution area that spreads for about 35 degrees of latitude, thereby being one of the most common and widely distributed European Atlantic Gammarus spp. Along the southern distribution limit of the species, no genetic studies have been performed yet. We analysed allozyme variation in five G. locusta populations along the Portuguese coast, comprising ten enzymes and thirteen loci. Average heterozygosity was 0.023 and average polymorphism among G. locusta populations was 11.6%. Genetic differentiation among populations was very low and no geographic pattern emerged from these data. The analysed G. locusta populations have low inter- and intra-population variability. These results are consistent with previous allozyme investigations of northern European populations of G. locusta, where very low levels of genetic variability were also recorded, and with recent studies which reported that low genetic variability is a common feature in widespread, continuously distributed amphipod species. Taken together, these findings indicate that the low genetic variability may be generalized all across G. locusta's distributional range. Further research is required to determine how G. locusta and other species of amphipods that show low genetic variability respond to environmental disturbance.

O anfípode Gammarus locusta (L.) distribui-se por cerca de 35 graus de latitude, constituindo uma das espécies de Gammarus da Europa Atlântica mais comum e amplamente distribuída. Ao longo do limite sul de distribuição desta espécie não foram ainda realizados estudos genéticos. Neste estudo analisámos a variação aloenzimática em cinco populações de G. locusta da costa Portuguesa, compreendendo dez enzimas e treze loci. A heterozigotia média foi de 0,023 e o polimorfismo médio entre populações de G. locusta foi de 11,6%. A diferenciação genética entre populações foi muito baixa, não tendo sido encontrado em função destes dados nenhum padrão geográfico. As populações de G. locusta analisadas apresentaram variabilidade inter- e intrapopulacional reduzida. Estes resultados são consistentes quer com estudos anteriores de aloenzimas em populações de G. locusta do norte da Europa, em que foram registados também níveis muito baixos de variabilidade genética, quer com estudos recentes que referem que a variabilidade genética reduzida é um facto comum em espécies de anfípodes de distribuição ampla e contínua. No seu conjunto, estas observações indicam que a variabilidade genética reduzida poderá ocorrer de forma generalizada ao longo de todo o intervalo de distribuição de G. locusta. Assim, torna-se necessária investigação adicional que permita determinar de que modo o anfípode G. locusta, bem como outras espécies de anfipodes com variabilidade genética reduzida, reagem às perturbações ambientais.]

Sign-in

Can't access your account?
  • Tools

  • Add to Favorites
  • Printable version
  • Email this page
  • Create email alert
  • Get permissions
  • Recommend to your library

    You must fill out fields marked with: *

    Librarian details
    Name:*
    Email:*
    Your details
    Name:*
    Email:*
    Department:*
    Why are you recommending this title?
    Select reason:
     
     
     
     
    Other:
     
    Crustaceana — Recommend this title to your library

    Thank you

    Your recommendation has been sent to your librarian.

  • Export citations
  • Key

  • Full access
  • Open Access
  • Partial/No accessInformation